psicoterapia psicologia psicóloga zona norte sp psiquiatria saúde mental mudança de vida desenvolvimento pessoal crescimento pessoal saúde emocional qualidade de vida relacionamento terapia de casal

Sua memória está lhe deixando na mão?

Você acha que sua memória está ruim?

imageNão sei por que você está lendo esse texto, se por considerar que sua memória está falhando ou por querer aprimorá-la muito mais. Independente do seu motivo, acompanha comigo esse texto até o final que você vai gostar.

Atendo pessoas quase diariamente com a queixa de falha de memória. Uma das frases que mais ouço no consultório é “Nossa, minha memória está péssima”. Aqueles que têm familiares com algum problema degenerativo como Alzheimer, já acham que estão desenvolvendo a mesma doença. Mas calma, existem muitos motivos de falha de memória ou da pouca capacidade de apreender um conteúdo, que não tem nenhuma relação com problema neurológico grave.

Existem sim, causas muito graves que podem levar à alteração da memória, mas antes de tudo, devemos pensar sobre as principais, mais comuns e mais prováveis. Fiz uma lista breve para você observar, antes de chegar lá embaixo na dica que eu dou para potencializar seus resultados.

  •  Medicamentos: antidepressivos, ansiolíticos, alguns analgésicos de mais alta potência e anti-alérgicos são remédios causadores comuns de alteração de memória
  • Má qualidade do sono: não adianta tentar ter um bom desempenho de memória no dia-a-dia se tem dormido pouco. E os últimos estudos sobre sono mostraram que o efeito de noites mal dormidas é cumulativo, quanto mais noites sem sono reparador, maior o prejuízo cognitivo. Quanto tempo você dorme?
  • Tabagismo, uso de álcool e outras drogas (sem comentários ;-))
  • Transtornos de humor, como depressão e ansiedade (um dos causadores mais comuns e disparado o que mais recebo em consulta). Esse merece atenção, pois se você está em um período da vida fazendo concursos, por exemplo, vai estar ansioso por causa das provas, mas também tem precisa saber como utilizar sua memória da melhor forma para estar à frente dos outros candidatos.
  • Muitas situações de estresse na vida diária, especialmente problemas familiares
  • Alimentação deficiente, especialmente de vitaminas B1 e B12
  • Batidas na cabeça de forma grave (quedas, acidentes, brigas)
  • Doenças como hiper ou hipotireoidismo, Acidente vascular cerebral (AVC), algumas doenças infecciosas como HIV, sífilis e outras.
  • Doenças demenciais, que provocam a perda progressiva e grave da memória, como Alzheimer

Bom, essas são causas importantes e você deve procurar o médico se vê a possibilidade de causa mais grave na sua memoriaalteração de memória.

Mas VOCÊ NÃO TEM NADA DISSO, ESTÁ TUDO ÓTIMO COM SUA SAÚDE E VOCÊ QUER POTENCIALIZAR SEUS RESULTADOS?

Bom, você pode aprender técnicas eficazes de melhorar consideravelmente sua memória. Pois é, isso é possível. Agora vai a dica, caso você queira ser fora da média.

Já vi alguns experts, como o Renato Alves, o campeão brasileiro de memória, considerado a melhor memória do Brasil (que apareceu no Jornal Hoje e Fantástico várias vezes), fazer pessoas melhorarem muito a performance no dia-a-dia, especialmente em concursos, depois que ele estudou a fundo esse assunto. Tenho admitir que ele tem uma habilidade incrível mesmo! Tanto de memorizar, quanto de ensinar pessoas comuns a serem tão bons quanto ele.

A vantagem hoje é ter acesso a essas técnicas muito facilmente. Ele lançou um curso on-line recentemente e que está acessível ainda, chama-se Memória 360 acredito que ainda dá tempo participar da próxima turma (tem até depoimento de quem já fez). Se quiser ver, Clica Aqui que você vai entender como funciona e fazer sua inscrição.

A maioria das pessoas só não consegue tudo o que quer porque conhece muito pouco a sua enorme capacidade cerebral. Você mesmo já deve ter feito isso alguma vez. Mas eu lhe digo, não se sinta assim, você é capaz de grandes conquistas! Potencializa-se!

“Se você pensa que pode ou você pensa que não pode, de qualquer forma você está certo!” Henry Ford

 

 

Deixe uma resposta